domingo, 10 de julho de 2011

sobre DOTES no inventário de COSMA de MANEZIN BATATA(1863) por elisangela ferreira


"'Mas não era nada fácil para as[familias] mais pobres dotarem  suas filhas. Os problemas de
recursos devem ter consumido o sono de muitos casais com filhas em idade casadoira, o que
bem pode ter sido o caso de Cosma Maria Damiana e seu marido Manoel de Abreu Neiva.
Apesar de Manoel ser falecido havia alguns anos, talvez bem antes da esposa, os bens do casal
só foram inventariados após a morte desta, em 1862. Donos de pequeno patrimônio avaliado
em 570 $ 000, cujo montante equivalia a pouco mais da metade do preço de um único bom
escravizado, e pais de oito filhos (dois homens e seis mulheres), o casal, entretanto, preocupou-se em dotar todas as seis filhas à época dos casamentos, como a tabela adiante ilustra.
Várias questões chamam a atenção no caso desta família. Primeiro o fato de os pais
terem disponibilizado paulatinamente a maioria das  criações que possuíam, terminando seus
dias apenas com um cavalo velho e três porcos, com o sítio denominado Olhos d’Água, “terras
de plantações que terá huma legoa”, onde cultivavam feijão, mandioca e milho principalmente, além de
um escravo já idoso, chamado Malaquias, com cerca de 60 anos. Isso demonstra como casar
uma filha era dispendioso no século XIX, particularmente para uma família de pequenos
proprietários como a de Manoel e Cosma Maria, que "por azar" tiveram seis filhas e apenas
dois varões. Em segundo lugar, é curiosa a diferenciação nos valor es dos dotes, onde um pôde
chegar a 76$000 e outro a apenas 22$000. Tendo em vista que não foram mencionadas as
datas dos casamentos não é possível ter certeza de  que a lista declarada pelo inventariante
estivesse em ordem cronológica. É provável que os valores mais altos se refiram às primeiras
filhas casadas e que as últimas tenham sido prejudicadas pelo empobrecimento paulatino dos
pais, levando para seus enlaces dotes bem menores do que as outras irmãs.
                                             
rodapé: Por essa época(década de 60-70), segundo as avaliações feitas na maioria dos inventários, um bom escravo, ainda jovem e apto
para o trabalho valia cerca de 1:000$000. APEB, SJ, IT, n° 03/1294/1763/14, Inventário de Cosma Maria
Damiana e Manoel de Abreu Neiva, Xique-Xique, 1863"
segue:
TABELA 19

COMPARAÇÃO ENTRE OS DOTES DAS FI LHAS
DE MANOEL DE ABREU NEIVA E COSMA MARIA DAMIANA
FILHAS DOTADAS/CÔNJUGE BENS DO DOTE VALORES:
Lucinda Maria/
José Joaquim Nunes
5 cabeças de gado 25$000
1 cavalo novo 32$000
1 par de brincos de ouro 5$000
1 caixa desencou rad a 3$000
65$000

Maria do Espírito Santo/
Manoel Gregório do Nascimento
1 poldro “ brabo” de dois anos 22$000
1 vaca 5$000
27$000
Raimunda Maria/
Antônio Batista de Oliveira
7 cabeças de gado 35$000
1 cavalo 25$000
8 ½ oitavas de ouro 5$000
65$000

Esméria Maria/
Eugênio Abade dos Santos 
7 cabeças de gado 42$000
1 cavalo velho 20$000
1 par de brincos de ouro 3$000
1 par de argolas de ouro 2$000
1 Olho de Santa Luzia 6$000
1 caixa 3$000
76$000


Maria da Conceição[batista de olveira]
Bernardino de Abreu Neiva
1 cavalo 22$000
22$000

Isidoria Maria (falecida)/
Manoel Claro
9 cabeças de gado 45$000
1 cavalo 20$000
1 caixa velha 3$000
1 par de brincos de ouro 4$000
72$000
APEB, SJ, IT, n° 03/1294/1763/14, Inventário de Cosma Maria Damiana e Manoel de Abreu Neiva, Xique-Xique 1863
EXTRAÍDO DE Entre vazantes, caatingas e serras:
trajetórias familiares e uso social do espaço
no sertão do São Francisco, no século XIX
Tese de Doutorado apresentada ao Programa de PósGraduação em História da Faculdade de Filosofia e
Ciências Humanas da Universidade Feder al da Bahia sob a
orientação da Prof
a
. Dr
a
. Lígia Bellini.

tese da  MINHA AMIGA CENTRALENSE ELISANGELA FERREIRA, este post dedico a meu amigo LIANDRO ANTIQUES, descendente de cosma e manezin batata pela filha deles ESMERA VÉA, esposa de eugenio abades dos santos...
povoado de OLHO DAGUA DO BATATA, na divisa de ibipeba-barra do mendes, fundado por MAUEL ABREU NEIVA(manezin batata) E COSMA, eles teriam vindo de macaubas provavalmente na década de 40 do seculo xix...  esse casal se tornou  a referencia dos BATATAS , são "batatas" na região de irecê, os ABREU NEIVA, ABADES DOS SANTOS, ALECRIM,  parte dos BATISTA DE OLIVEIRA, BENICIO DOS SANTOS, MENDES BATISTA, GOMES DE MIRANDA, NUNES , SILVA VIEIRA, VAZ entre outras q descendem de tal casal provavel filhos de portugueses q vieram se aventurar no brasil...


7 comentários:

  1. Eugênio Abade dos Santos
    7 cabeças de gado 42$000
    1 cavalo velho 20$000
    1 par de brincos de ouro 3$000
    1 par de argolas de ouro 2$000
    1 Olho de Santa Luzia 6$000
    1 caixa 3$000
    76$000...

    LIANDRO VC Q TEM DESENCAVADO COISAS v se dá pra achar o PAR DE BRINCOS DE OURO, as argolas e o olho de sta luzia de sua tetravó e talvez minha tia de quarto grau...
    pelo valor histórico não haveria preço q comprasse ...

    É UMA PENA Q A PRóPRIA HISTÓRIA-MEMORIA VEM SUCUMBINDO veja lá a riqueza material...

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK Quem nos dera achar esse tesouro, não teria dinheiro que comprasse.
    Muito obrigado pelo post, só queria fazer uma pequenina ressalvazinha, eu sou descendente de COSMA E MANEZIM e com muito orgulho, é na verdade pelo lado do filho deles MANOEL DE ABREU NEIVA FILHO E JOSEFA MARIA NEIVA ou BENÍCIO DOS SANTOS.
    Vamos adiante nessa luta, um dia a gente chega lá!

    ResponderExcluir
  3. valeu liandro, falar nisso, vou fazer seguinte, acrescentarei mais alguns dados dos BATATAS e vc fica na ivica na incubencia de corrigir ,amplar ou apenas ratifivar tais dados, valou??

    O FILHO MAIS VELHO DO CASAL MANOEL ABREU NEIVA E COSMA ERA AGOSTINHO DE ABREU NEIVA, nascido por volta de 1819-1820,mais tarde casou RUFINA ALVES DE ANDRADE(muito provavel de um alves andrade com uma tapuia ou ja cabocla, rufina possivelemtente irmã de FRANCISCA q casou com o senhor ANTONIO BENICIO DOS SANTOS, agostinho batata e antonio q deu origem a "familia finin" estão entre os fundadores do POVOADO DE SÃO BENTO de BARRA DO MENDES...

    ResponderExcluir
  4. ... depois vinha MANOEL DE ABREU NEIVA FILHO, nascido enre 1820 a 22,foi casado com JOSEFA MARIA NEIVA ou quem sabe josefa benicio dos santos( se não me engano li "josefa santos" no inventario, faltou o "benicio", mas o indicio é forte dela ser irmã de ANTONIO BENICIO SANTOS como tambme de JOSÉ BENICIO SANTOS, meu tetravô pois ele era o pai de ANA MARIA BENICIO SANTOS esposa de ANTONIO MENDES BATISTA,um dos fundadores de são tomé de ibipeba, pais do meu bisavô eloi mendes)...

    ResponderExcluir
  5. ... BERNARDINO DE ABREU NEIVA, terceiro filho de manoel neiva e cosma mais tarde e casou com com MARIA CONCEIÇAO BATISTA DE OLIVEIRA,tal casa assim como agostinho batata, manezin batata filho,antõe benicio santos e familia fundaram o são bento d barra do mendes ali perto do olho dagua, veja q trança, laurentina filha desse casal casou com o primo carnal DIONISIO BATATA era filho de manezin filho e josefa santos...

    MARIA CONCEICÃO BAT OLIVEIRA esposa de bernardino era tudo indica era irmã de antonio batista de oliveira, ambos filho de LAURINDO BATISTA DE OLIVEIRA, um suposto português ou filho, q teria vindo com os ABREU NEIVA de macaubas pra nosso trecho,vindo se instalar no olho dagua-morro do gomes e são vicente...

    ResponderExcluir
  6. ... lembrando q o antonio batista de oliveira visto no post acima é omesmo q no texto de elisangela apece casado com RAIMINDA MARIA NEIVA filha de manoel e cosma...
    LUCINDA NEIVA quarta filha do casa manoel neiva e cosma ,nascida entre 1824-26 casou com JOSÉ JOAQUIM NUNES, seundo afirmação do pesquisador liandro tal casal morava no VELAME de ibipeba, tudo indica q o pai de joaquim q teria sido FRANCISCO JOAQUIM NUNES teria ido pra'quele trecho com a esposa da familia SILVA VIEIRA , ali perto no guigó,morava um provavel irmão de jose joaquim nunes, o senhor raimundo cachoeira nunes e sua esposa maria clara ramos, casal q tem milhares de descendentes na região de irecê ,entre eles meu amigo DELHÃO DE SANTA DE CELSO ALENCAR ROCHA,o FRANCISCO NUNES q segundo um descendente era pernanbucano era avô ou bisavô do velho QUINCA GAIA, esse avô de edmimário oliveira machado,o homem q escreveu "canabrava do gonçalo" com seu primo osvaldo alencar rocha...

    ResponderExcluir
  7. Muito bem amigo Celito!!
    Agora vamos acrescentar que do casal Agostinho e Rufina, vieram todos os ALecrins, pois deles descende Virgilina Alecrim, segunda esposa de Fulô Bento, que originaram uma leva incontável de famílias em nossa região.
    De Bernardino e Laurentina, descende muitas famílias de Ibipeba, mais precisamente no Aleixo, a saber Os Porteiras, e tantos Abreus Neivas que for encopntrado por aquelas bandas.
    Do casal Esméria e Eugenia, esses dispensa comentários, pois originaram todos os Abades dos Santos que tanto vemos em nossa região, já que Eugenio Abade, foi o primeiro dessa ramificação e nossa região.
    De Manezim Batata Filho e Josefa, dos quais eu me incluo como descendente, vem todos os Batatas de São Bento, e outra parte do Aleixo, já que um filho de Manezim Batata casou-se com uma filha de Bernardino Batata.
    De Agostinho e Rufino sairam uma parte dos Finins de São Bento, São Gabriel, Jussara, Central e adjacências.
    Muito mais se tem por descobrir.
    Vamos em frente!!!!

    ResponderExcluir